inconsistência leve

domingo, 29 de maio de 2011

Essência de fé



Na profundeza de meus pensamentos
Temo ainda pela sua ausência
E diante dos meus mais puros sentimentos
Vejo que nada se iguala a sua essência


Se é certo que tudo que vive, um dia morre
E que a vida sempre imprime a sua pegada
Não posso parar o tempo, que, sem pressa, corre
Não posso fazer do medo minha constante morada


E me fazendo sempre mais forte
E me inspirando na sua fé
Sinto que posso mudar minha sorte
Assim como o vento muda a maré


E sua certeza em meu crescimento
Não será inútil, não será em vão
Pois essa mesma certeza é meu alimento
E grita solene em meu coração


                                                        Bela.

8 comentários:

Denise Oliveira disse...

olá Bela,
que poesia linda!!
como disse voltaire:"a fé consiste em acreditar quando está além do poder da razão acreditar."
vc colocou isso em versos,com excelência!
boa semana!
beijos

Ingrid disse...

que gostoso de ler Bela..
linda mensagem para ler e reler não só para ti..
beijos e bom domingo..

Poeta Insano disse...

Olá Bela...
Ter fé é como acreditar em sí mesmo
e em seus atos.
Objetivar-se ao que se propõe,
confiar na natureza do que se produz.
Belíssima poesia, um abraço!

Johnny Madrid aka Tim E. disse...

Excellent, as always. I'm feeling a creative surge coming up. I might add a short story on my own blog. Hmmm, yes i think i will. Keep up the great work :)

O Árabe disse...

Bonito! E verdadeiro; não podemos fazer do medo a nossa morada. :) Boa semana!

O Árabe disse...

Eu acreditava já haver comentado este texto. Mas é um prazer dizer novamente que o achei muito bom! :) Bom resto de semana.

Regianne disse...

Que lindo Bela, amei o seu cantinho, vim aqui lhe fazer um visitinha e voltarei sempre, ah visite o meu quarto também, http://ladomorangodavida.blogspot.com
te espero lá
bejinhos :**

Milton disse...

Oi Bela!
Ahh mas seu blog também é adorável. Parabéns! Obrigado pela visita!
Estou lhe seguindo e sempre que puder estarei por aqui.
beijos!